A crise econômica está levando pequenas e médias empresas a ingressarem no mercado livre de energia de olho na redução das contas de luz. Empresas com demanda contratada igual ou superior a 500 kW podem adquirir livremente energia gerada por fontes renováveis e a economia pode chegar até a 30%. O mercado livre difere do mercado cativo (em que residências e empresas são atendidos por distribuidoras), pelo fato de o consumidor poder comprar sua energia livremente de distribuidoras ou comercializadoras.
Leia esta matéria completa disponível no link abaixo, e veja como a Caemmun ingressou no ambiente livre de comercialização de energia. 

Confira: http://www.valor.com.br/empresas/4811267/mercado-livre-e-opcao-para-reduzir-contas-de-luz